Rota da Cachaça apresenta produção baiana e participa da programação do feriado em Prado

0
51

O governo da Bahia, através da Secretaria Estadual de Turismo da Bahia com o apoio da Prefeitura Municipal de Prado, apresenta o ROTA DA CACHAÇA da BAHIA, em parceria com a Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura de Prado.

O projeto é mais uma oportunidade para o município de Prado, mapeando os produtores artesanais de cachaça e cerveja artesanal locais e gastronomia, que irão introduzir suas produções no espaço na praça de Eventos, na Arena Jubarte de 07 à 09/09/2018, das 16h às 12h. Toda a organização fica por conta do Governo da Bahia com apoio da equipe da Prefeitura local e parceiros, com cenários de referência cultural do estado, equipe técnica de apreciadores.

Paulo Guedes (realizador do Rota da Cachaça), José Alves (Secretário de Turismo do Estado da Bahia) e Joklébio Coelho, Secretário de Turismo, Esporte e Cultura de Prado
Na Bahia a Setur estima que existam 18 municípios que produzem 19 diferentes tipos de cachaça artesanal. Marcas famosas, como as cachaças produzidas em Abaíra e em Rio de Contas já fazem parte do roteiro dos grandes produtores nacionais.

Em Rio de Contas, a Fazenda Vaccaro, produtora de uma das bebidas mais famosas do estado, a Serra das Almas, tornou-se quase que um roteiro obrigatório de turistas que visitam a região. A propriedade oferece serviço de hospedagem e day use, e inclui atrativos como passeios pelas plantações de cana e de frutas, alambique e adega.

Rota da cachaça – Atualmente a Rota da Cachaça, fundada pelos produtores Paulo Guedes, Ronaldo Rodrigues e Vânia Oliveira, foi criada em 2017 e abrange vários municípios baianos, com cachaças de renome nacional. Todas com premiações nacionais e selo de qualidade do Ministério da Agricultura.

Embora os dados do setor ainda sejam imprecisos, diante da existência de informalidade, estima-se que no Brasil existam cerca de 40 mil produtores e que na Bahia a atuação seja de 17,5% em relação a esse total (Sebrae).

Isso porque, no Estado, a produção é somente de cachaça de alambique, de pequenos produtores, não havendo cachaça industrial ou de coluna e nem grandes produtores de cachaça de alambique.

Por | Ascom

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here